Cristiane Poleto
Brasília DF - 20/01/2018

Destaques

Imprimir   Diminuir Fonte   Aumentar Fonte

Quanto custa comprar ou alugar imóvel no DF?

13/01/11

Bookmark and Share


O mercado imobiliário do Distrito Federal registrou forte expansão nos últimos 10 anos. Dados do recenseamento feito pelo IBGE mostram que o número de domicílios particulares em Brasília aumentou 35,7% na última década e a porção de imóveis vagos caiu de 9,3% em 2000 para 7,3% em 2010.


 Dos imóveis residenciais destinados à comercialização no DF, predominam ofertas de apartamentos com três dormitórios, cujo preço médio é R$ 554.085. Em uma amostra analisada pelo Secovi-DF de 14.511 imóveis em oferta no mês de outubro de 2010, apartamentos com 3 dormitórios tinham participação de 25%, enquanto as casas, em geral, correspondiam a 26% do mercado e apartamentos com 2 dormitórios, a 21%.


 



 Preços dos imóveis residenciais no DF



 


Em relação aos preços, casas de 4 dormitórios aparecem bastante valorizadas. A diferença de preços medianos entre casas de 3 dormitórios e casas de 4 chega a 172%. Enquanto as casas de 3 dormitórios são ofertadas a um preço médio de R$ 398.025, pelas casas de 4 dormitórios são pedidos, em média, R$ 1.085.094. Já os apartamentos de 3 dormitórios têm preço médio de R$ 554.085 e os de 2 dormitórios, de R$ 339.774.


 A cidade de Brasília é a que possui o valor de metro quadrado mais caro para apartamentos residenciais no DF, com preços de R$ 7.667 para o segmento de 2 dormitórios e R$ 7.500 para apartamentos de 3 dormitórios. Cruzeiro, Guará e Águas Claras completam o rol de cidades mais valorizadas.


 Os menores preços do m² de apartamentos são encontrados em Ceilândia, Samambaia, Núcleo Bandeirante, Taguatinga e Gama – entre R$2.640/m² por apartamentos de dois dormitórios em Taguatinga e R$ 3.435/m² por apartamentos de 3 dormitórios, também em Taguatinga.


 



 Casas com maior metragem em Brasília



 No segmento de casas, apesar de Brasília possuir o maior valor médio de comercialização para unidades com 3 dormitórios - R$ 842.500 -, o preço do m² na cidade (R$ 3.240) é inferior aos de Cruzeiro (R$ 4.143) e do Núcleo Bandeirante (R$ 3.302).


 Já os menores preços de m² do segmento são encontrados em Paranoá, Gama e Ceilândia, onde custam R$ 1.028, R$ 1.300 e R$ 1.415, respectivamente.


 



 Apartamentos pequenos para alugar



 


No mercado de locação, o Distrito Federal se destaca pela oferta de quitinetes e pequenos apartamentos, com 1 ou 2 dormitórios. Na amostra de 2.112 imóveis residenciais disponibilizados para aluguel em novembro do ano passado, 34% correspondiam a quitinetes, 18% a apartamentos de 1 dormitório, 17% a apartamentos de 2 dormitórios,  12% a apartamentos de 3 dormitórios e 8% a casas.


 De acordo com o Secovi-DF, a oferta de apartamentos pequenos continua crescendo por conta da demanda. “Há mercado para isso, o público alvo está cada vez mais abrangente e a rentabilidade seja cada vez mais vantajosa”, divulgou a entidade em estudo elaborado pela Econsult - Consultoria Econômica.


 O preço médio pedido pela locação de apartamentos com 1 dormitório varia de R$ 950 em Brasília a R$ 350 em Ceilândia. Quem preferir alugar apartamento com 2 dormitórios vai desembolsar entre R$ 1.700 a R$ 550, também em Brasília ou Ceilândia, respectivamente.


 

Quando analisado o valor mediano do aluguel por metro quadrado, a diferença entre apartamentos de um e dois dormitórios não é tão significativa quanto a diferença entre apartamentos de dois e três quartos. Em geral, apartamentos de dois dormitórios possuem metro quadrado mais caro - R$ 27, em Brasília; R$ 21 em Cruzeiro; R$ 11 em Samambaia e R$ 10 em Gama. A proporção é contrária apenas no Guará, onde o inverso ocorre - R$ 13/ m² para apartamentos com 3 quartos e R$12/m² em unidades com dois quartos). Em Águas Claras, o preço é o mesmo independente do número de dormitórios - R$ 16/m².


 



 Rentabilidade do aluguel no DF



 Das diferentes cidades satélites do DF, Águas Claras e Brasília são as que possibilitam o maior rendimento por meio da locação de imóveis, de acordo com o Índice de Rentabilidade Imobiliário, calculado pela Econsult.


 Segundo o Índice, a locação de quitinetes e apartamentos de um dormitório em Águas Claras são os investimentos com maior retorno - 0,46%. A locação de apartamentos de dois dormitórios na cidade tem rentabilidade de 0,42%. Apartamentos de 3 e 4 dormitórios rendem, respectivamente, 0,37% e 0,33% com aluguel.


 Em Brasília, os imóveis mais rentáveis são as quitinetes com 0,40% de retorno, seguido pelos apartamentos de 3 dormitórios (0,33%), 2 e 4 dormitórios (0,32%) e 1 dormitório (0,29%).





Fonte: http://terraimoveis.imovelweb.com.br/web/editorial/TerraNoticia.aspx?nodeid=4384

Imóveis


Documento sem título Linked in
Especialistanet © 2011