Cristiane Poleto
Brasília DF - 13/11/2018

Destaques

Imprimir   Diminuir Fonte   Aumentar Fonte

FGTS - Governo eleva teto de valor do imóvel para compra de FGTS

03/10/13

Bookmark and Share

Governo eleva teto de valor do imóvel para compra com FGTS

Aumento valeria para Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal


O governo decidiu elevar o valor máximo de compra de imóveis com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) de R$ 500 mil para R$ 750 mil nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal, segundo informou uma fonte do governo à Reuters nesta segunda-feira (30).

A decisão, feita em reunião do CMN (Conselho Monetário Nacional), também eleva o teto dos preços dos imóveis que podem ser comprados com uso do FGTS de R$ 500 mil para R$ 650 mil nos demais Estados do País, disse a fonte, que falou sob condição de anonimato.

O aumento do crédito também servirá de estratégia para estimular o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto). O aumento do limite foi pedido por dirigentes de bancos privados ao ministro da Fazenda, Guido Mantega. O teto de R$ 500 mil ficou superado pela valorização dos imóveis nas grandes capitais, principalmente São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, e é visto como uma forte restrição ao aumento do crédito imobiliário nos bancos privados.

O aumento do teto do FGTS para a compra dos imóveis também pode ajudar os lançamentos imobiliários nas grandes cidades. O setor, após um grande volume de lançamentos, está com carteira menor, o que pode afetar negativamente o desempenho ao longo de 2013 e em 2014, último ano do governo Dilma Rousseff.

Se não há grandes lançamentos em um ano, o seguinte fica fortemente afetado. E, como o setor é importante para o investimento e o emprego, há urgência para que os projetos congelados em 2012, por conta da desaceleração da economia, saiam agora da gaveta. 


Via Portal R7, 2013/novembro

Fonte:

Imóveis


Documento sem título Linked in
Especialistanet © 2011