Cristiane Poleto
Brasília DF - 21/09/2018

Destaques

Imprimir   Diminuir Fonte   Aumentar Fonte

Imóvel: Comprar é opção para quem não poupa

05/07/11

Bookmark and Share

Comprar é opção para quem não poupa


A comparação entre a taxa de retorno do aluguel e a rentabilidade de outros investimentos é válida para quem pode dispor de todo o capital no momento da aquisição.


"Se a pessoa não tem o dinheiro na mão e vai para o financiamento, comprar é uma boa alternativa porque ele acumulará capital imobilizado", considera William Eid Junior, professor da FGV-SP.


No caso da compra de um imóvel pronto, a parcela poderá ser comparada ao gasto mensal com aluguel. Assim, parte do pagamento vira bem patrimonial da família.


Foi a reflexão que fez o analista de recursos humanos Lothar Schoneborn, 51. Usando seu FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), Schoneborn deu entrada em um imóvel na Vila Matilde (zona leste).


"Decidi comprar o imóvel aproveitando o fato de o financiamento estar muito em conta. Se fosse alugar, a prestação que eu pago seria quase o valor do aluguel", diz.


"As taxas de financiamento estão ligadas à TR [taxa referencial]. Não computam a inflação, o que torna barato o crédito", cita Bruno Gama, diretor de operações da Credipronto.


No cálculo comparativo para a decisão, deve entrar o valor do aluguel nos próximos três anos -período do contrato-, considerado o aumento anual de acordo com o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado). Também deve ser levado em conta o valor pago no financiamento e sua correção pela TR.


A intenção é que o comprador considere o valor das parcelas no futuro e se poderá se endividar a longo prazo.


Tudo isso só é válido se a compra for feita a um preço interessante. É preciso buscar o preço do metro quadrado na região tanto do novo como do usado e verificar o aluguel na mesma área.


"Nem sempre o lugar de moradia é um bom lugar de investimento", avalia Gama.


BAIRRO AO LADO

Quem não tem recursos para comprar imóvel na região em que aluga pode adquirir um em local menos valorizado e usar o aluguel desse bem como renda.


Nesse caso, é importante estudar a rapidez de ocupação no bairro de compra, a taxa de retorno no aluguel da região e a possibilidade de valorização em geral impulsionada por melhoras na infraestrutura do lugar.


"Quando você usa o imóvel como investimento tem que se manter sempre atento às condições do bairro. O ideal é trocar por regiões com melhor potencial de valorização sempre que necessário", indica José Roberto Federighi, diretor de operações da imobiliária Del Forte Frema.


Fonte: Folha On Line

Fonte: http://classificados.folha.com.br/imoveis/937978-comprar-e-opcao-para-quem-nao-poupa.shtml

Imóveis


Documento sem título Linked in
Especialistanet © 2011