Cristiane Poleto
Brasília DF - 21/01/2018

Destaques

Imprimir   Diminuir Fonte   Aumentar Fonte

Noroeste começa a aparecer - A felicidade no topo da obra

04/07/11

Bookmark and Share

A felicidade no topo da obra


Ao atingir o cume da construção, empresa e operários fazem uma festa muito especial, a cumeeira. Funcionários da Villela e Carvalho comemoraram chegada ao cume do Viverde



     RAFAEL CADENGUE

rcadengue@jornaldacomunidade.com.br
 Redação Jornal da Comunidade





Antônio Gouvêa, Nagib Maluf e Flávio Ribas, engenheiros responsáveis pela obra, participaram da confraternizaçãoFotos: Gilda DinizAntônio Gouvêa, Nagib Maluf e Flávio Ribas, engenheiros responsáveis pela obra, participaram da confraternização


O Noroeste comemorou, na última sexta-feira, sua primeira cumeeira. No dia 16 de junho os operários encarregados da construção do empreendimento Viverde, da Villela e Carvalho Construções, atingiram o cume do prédio. Normalmente os operários da construção civil ‘decoram’ as estruturas com galhos de árvore e soltam foguetes. A construtora Villela e Carvalho, assim como outras empresas do setor, costuma organizar festas para comemorar a cumeeira, direcionada ao pessoal que participou da obra. Churrasco, música ao vivo, sorteio de prêmios, entre outras atividades, fazem parte da comemoração.


A tradicional festa da construção civil é uma herança dos tempos da construção da capital federal. Os candangos que ergueram Brasília, ao atingirem a última laje dos prédios, comemoravam a conclusão de mais uma etapa. Antônio Gouvêa, 38 anos, engenheiro da Villela e Carvalho, comenta sobre a interação entre os operários responsáveis pela construção e os diretores da obra.


“Esta é uma tradição, principalmente nas construtoras em Brasília, que visa a confraternização daqueles que trabalharam duro. Para nós é marcante essa oportunidade porque, além de comemorar  a chegada ao topo do prédio, foi a primeira festa do Noroeste”, explica. Ele acrescenta que a expectativa de todos os funcionários para a comemoração é imensa.


O edifício Viverde tem previsão de entrega para outubro de 2012. O engenheiro Antônio Gouvêa considera este prazo muito bom, mas ressalta a necessidade de se atentar para que tudo caminhe bem até o término da obra. Nagib Maluf, 30 anos, gerente de contratos da Villela, comenta a expectativa de todos em relação ao empreendimento em um local agradável como o Noroeste.

“O Noroeste desponta no mercado e todas as construtoras são de alta qualidade. O bairro tem o propósito de conscientizar os moradores da necessidade de preservar a natureza”, esclarece Nagib.


Sorteio de brindes

Durante toda a festa, além do churrasco e da música, os diretores da Villela proporcionaram um sorteio com vários brindes, entre eles fornos elétricos, grelhas, um celular e o prêmio principal um micro-ondas. Thiago Ribeiro, que trabalha na parte de betoneira e abastecimento, foi o grande felizardo. Com o número 38 ele garantiu um micro-ondas para a família. “É a melhor coisa do mundo. Preciso muito de um desses lá em casa. Toda equipe está de parabéns e agora, sim, posso tomar minha cervejinha feliz e tranquilo”, disse o operário, sem esconder o entusiasmo.


Os funcionários da Villela e Carvalho fizeram a festa e ganharam brindesOs funcionários da Villela e Carvalho fizeram a festa e ganharam brindes

Ludmila Fernandes, diretora do Viverde, comenta a expectativa dessa comemoração e a satisfação de reunir toda a equipe, desde diretores da Villela até os operários da obra. “Tudo é festa para eles. Uma tradição da construção civil. O fim da estrutura constitui o marco na construção civil. Importante comemorar. Uma tradição como essa não se pode deixar de lado, um reconhecimento pelo trabalho e esforço deles”, comemora a diretora.



O diretor técnico da Villela, Lander Cabral, explica o sentido de tanta alegria. “A cumeeira a gente realiza em todo final de estrutura, reunindo todos os operários, quando comemoramos o sucesso de todos, em uma obra sem acidentes, onde tudo correu como planejado”, conta.



Fonte: Jornal da Comunidade

Fonte: http://comunidade.maiscomunidade.com/conteudo/2011-07-02/imoveis/5118

Imóveis


Documento sem título Linked in
Especialistanet © 2011