Cristiane Poleto
Brasília DF - 21/09/2018

Destaques

Imprimir   Diminuir Fonte   Aumentar Fonte

Secovi-DF divulga novo Boletim de Conjuntura Imobiliária

01/05/11

Bookmark and Share




O Sindicato de Habitação do Distrito Federal (Secovi-DF) divulgou nesta sexta-feira (29/4) o Boletim de Conjuntura Imobiliária referente ao mês de março. O documento - elaborado com a colaboração técnica da Consultoria Econômica Departamento de Economia da UnB (Econsult) – apresenta dados específicos a respeito de venda e locação de imóveis, além de trazer Águas Claras como a cidade com maior rentabilidade imobiliária.




De acordo com a Secovi-DF, as quitinetes de Águas Claras já demonstravam um ótimo rendimento desde o Boletim divulgado com resultados de fevereiro. Em relação a março, a novidade é que os apartamentos de um dormitório na região apresentaram os aluguéis mais rentáveis. Nesse caso, um apartamento de um dormitório com valor de R$ 170 mil, ao longo de um ano, o investidor teria um rendimento de R$ 9.852,41, sem considerar a valorização do imóvel, o que aumentaria a rentabilidade. 



Em comparação com o boletim do mês de fevereiro, o Guará continua sendo a região mais dinâmica do Distrito Federal e o mercado do Plano Piloto é o que apresenta maior estabilidade.



No mês de março, estudo analisou 17.022 imóveis residenciais e comerciais destinados à comercialização. Os apartamentos de três dormitórios apresentaram-se novamente como o tipo de imóvel com maior número de exemplares na análise, representando 25% da amostra. Os apartamentos de dois dormitórios também tiveram participação relevante, com 22% do total.



Assim como nos boletins anteriores, as Asas Sul e Norte continuam sendo as localidades mais caras do Distrito Federal com relação aos apartamentos de dois e três dormitórios, categorias com maior relevância na amostra. Com relação às demais regiões administrativas, há valores elevados nos apartamentos ofertados em Águas Claras, Cruzeiro e Guará.



Locação

Em março de 2011, foram analisados 2.798 imóveis para locação, sendo 1.969 residenciais e 829 com destinação comercial. De acordo com o Boletim, a locação de imóveis se comporta de forma mais flexível em relação à venda, uma vez que o mercado de locações trata de investimentos mais baixos e de menor prazo. “É importante lembrar também a influência do IGP-M nos reajustes dos contratos de aluguéis. Assim como nos boletins anteriores, as quitinetes apresentam-se como o tipo de imóvel com maior número de ofertas na amostra referente à locação, seguidas pelos apartamentos de um dormitório”, informou o Boletim.



A tendência, mais uma vez, são as quitinetes, seguidas pelos apartamentos de um dormitório. “Diferente dos imóveis destinados para comercialização, a procura no mercado de imóveis destinados a locação é bem maior para imóveis menores, utilizados como investimentos de longo prazo”, conclui o Secovi-DF por meio do Boletim.


Fonte: http://correiobraziliense.lugarcerto.com.br/app/noticia/ultimas/2011/04/30/interna_ultimas,44707/secovi-df-divulga-novo-boletim-de-conjuntura-imobiliaria.shtml

Imóveis


Documento sem título Linked in
Especialistanet © 2011