Cristiane Poleto
Brasília DF - 19/01/2018

Destaques

Imprimir   Diminuir Fonte   Aumentar Fonte

Estádio Nacional de Brasília fica pronto no final de 2012

30/04/11

Bookmark and Share

Estádio Nacional de Brasília fica pronto no final de 2012


Segundo a assessoria do GDF, foram concluídos 13% das obras e o cronograma está em dia. Em maio, serão instaladas câmeras para possibilitar à sociedade acompanhar e fiscalizar as obras



Tamanho da Fonte     Lea Queiroz

cqueiroz@jornalcoletivo.com.br
 Redação Jornal da Comunidade





Projeção do Estádio Nacional de Brasília que terá capacidade para 70 mil pessoas e será inaugurado antes da Copa das Federações, que será realizada em 2013Projeção do Estádio Nacional de Brasília que terá capacidade para 70 mil pessoas e será inaugurado antes da Copa das Federações, que será realizada em 2013


A realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil gera expectativas em todas as áreas, principalmente no tocante à preparação dos estádios, que serão as estrelas da estrutura do evento. A reforma no Estádio Mané Garrincha, que passará a se chamar Estádio Nacional de Brasília por ocasião da Copa do Mundo, deve ser concluída em dezembro de 2012 bem a tempo de receber a Copa das Confederações, em 2013. A nova estrutura terá 70 mil lugares e, de acordo com o projeto, o elevado padrão do estádio estará adequado, inclusive, para receber a partida de abertura da Copa do Mundo de 2014, da qual Brasília é candidata. Para tanto, serão investidos

R$ 670 milhões, cerca de R$ 100 milhões a menos que o previsto no projeto inicial.


O primeiro estádio idealizado para a capital federal, cujo projeto data de 1973, previa 110 mil lugares. O governador do Distrito Federal e presidente da Comissão Brasília 2014, Agnelo Queiroz, se empenhou para garantir que o novo estádio seja um legado para os próximos 50 anos da cidade, já que a nova estrutura contará com uma arena multiuso adequada para acolher eventos e shows de grande porte.


Na última semana, o governador Agnelo Queiroz esteve em Buenos Aires, capital da Argentina, onde visitou o Estádio Único de La Plata. Ele esteve acompanhado do secretário da Casa Civil e secretário executivo da comissão Brasília 2014, Cláudio Monteiro; e do secretário de estado particular, Bolivar Rocha. O estádio argentino é o único na América do Sul que possui cobertura nos moldes que a Fifa exige, do tipo que cobre toda a arquibancada e deixa o gramado livre ao sol, mas que também pode ser usado como arena multiuso com o fechamento completo da cobertura.


Os mesmos padrões serão conferidos ao Estádio Nacional de Brasília. O estádio argentino será sede de abertura da Copa das Américas, em julho próximo.


De acordo com a assessoria de Comunicação do Governo do Distrito Federal, as obras do Estádio Nacional de Brasília estão dentro do cronograma. Hoje, 30% do volume de concretagem estão concluídos. Da parte de escavação, já estão finalizados 65%, o que corresponde a 250 mil metros cúbicos de terra retirada. Além disso, dos 288 pilares que serão instalados, 25 estão sendo concretados e dos 96 blocos, 84 estão prontos. Isso significa que 13% de toda a obra estão concluídos. Atualmente, 1,5 mil operários atuam no canteiro de obras do estádio. A previsão é que, até o final de maio, sejam 2 mil.


O Governo do Distrito Federal prevê que, em maio, serão instaladas câmeras de monitoramento no canteiro de obras do estádio a fim de garantir que a sociedade possa acompanhar e fiscalizar a execução dos trabalhos. A ideia do GDF é realizar uma obra transparente, sem tapumes. Uma das vantagens da capital federal é que as obras que vão preparar a cidade para o mundial são públicas, o que permite o Governo do Distrito federal ter controle sobre o cronograma. Até agora, foram pagos cerca de R$ 18 milhões do total de R$ 670 milhões.


DF planeja fazer uma copa verde


O Estádio Nacional de Brasília está em localização privilegiada, no marco zero da capital federal, a 10 minutos do Aeroporto JK e em um raio de três quilômetros da rede hoteleira, rede hospitalar, Esplanada dos Ministérios e Parque da Cidade – o maior parque urbano da América do Sul e onde está o Expobrasília, que disputa a sede do Centro Internacional de Mídia –, o que facilita e incentiva o acesso a pé.


Com essas vantagens, o GDF tem plenas condições de fazer uma “Copa Verde”, ou seja, uma competição que contará com acesso facilitado a pé e com um estádio que vai privilegiar a sustentabilidade com a captação de água de chuva e energia solar, por exemplo, e a acessibilidade. Além disso, a área onde está localizado o estádio, já possui espaço, ao redor, conforme exigido pela FIFA (120 mil metros quadrados) para a instalação da TV, da parte comercial e marketing da Fifa. O estádio também terá área de estacionamento para 30 mil carros.


 


FOnte: Jornal da Comunidade, 30 de abril a 06 de maio de 2011


Fonte: http://comunidade.maiscomunidade.com/conteudo/2011-04-30/cidades/5973/ESTÁDIO-NACIONAL-DE-BRASÍLIA-FICA-PRONTO-NO-FINAL-DE-2012.pnhtml

Imóveis


Documento sem título Linked in
Especialistanet © 2011